esse blog dificilmente reporta os fatos mais espetaculares

as revoluções não serão televisionadas pelo star putz

pq quando uma coisa muito grande acontece, prefiro deixar a grandeza intocada. sei que escrevo mal, então não quero entortar o bonito

por isso não falei, até agora, da balada literária

o máximo possível é transmitir a informação. pq o porcas tocou na festa de encerramento

vão pintar alguns videos, não vejo a hora de postar

................................

e amanhã, quarta-feira, o porcas e a patife band se apresentam no inferno - rua augusta. discotecagem do helio flanders. produção do daniel belleza.

tem base?

..............................

hj fiquei 14 horas nas mãos de são paulo. saí aqui da casa da mari sol ao meio dia, voltei meia noite. andei a pé de pinheiros até o centrão. vi dois filmes, assisti dois shows, escutei dois discos no walk man, tomei quatro chuvas. calado, cultivando os pensamentos. vagabundo. duas meninas me pediram pra ler o q estava escrito na minha camiseta: às vezes eu surto mesmo. e eu sempre frisando q era uma música dessa banda aqui ó (mãos na camiseta), cérebro eletrônico. caminho cabisbaixo, respiro direito, meus passos são lineares? não pensei em nada disso. fiquei 14 horas calado, ouvindo os rumores dessa cidade banhada de chuva. ouvi a língua coreana e os sotaques do nordeste, vi um monte de menina bonita, nenhuma podendo ser minha, pq estou muito sozinho na minha saudade.

..............................


antes de dormir, lá em casa, a gente dizia assim: bença pai dorme com deus, bença mãe dorme com deus. era legal lançar essa voz contra as paredes. vozes soltas no escuro. o som que eles respondiam era a expressão do amor. stiabençoe, filhinho. hoje vejo que dar e pedir a bença eram modos de dizer: estamos juntos diante do abismo da noite.

é outra ou é a mesma, essa noite que agora chega?

5 comentários:

quandonãopodenãopode disse...

esse último parágrafo foi foda..genial

danisantos disse...

Stibençôe

kauan disse...

estamos juntos diante do abismo da noite.

kauan disse...

estamos juntos diante do abismo da noite.

ROCOSTA disse...

Belo trajeto de palavras...