scrap under the rain

chovendo água í ?

de noite é bom todo mundo dormindo e a água em alto mar batendo uma na outra, água de cima caindo em água salgada.

paz pra mim é isso, chuva em alto mar, com ninguém vendo. tá certo q a gente tá vendo isso agora, mas devassar espaços sem tempo está garantido pelo código da criança e do adolescente, né verdade?

em sendo, tudo astral, beijo pra vcs.

em não sendo, tudo astral, beijo pra vcs.

3 comentários:

sweet little snake disse...

É.. minha idéia de paz é um tanto parecida.
Água
sempre água
sempre tem água.

Será que a gente tenta lavar os problemas, os defeitos, a bebura, a loucura?

Acho que sim..

Saudade de vc cara não te vejo faz tempo. Criei um troço desse aqui também para devanear e desabafar. rss


Roberta

João de Barro disse...

É memo.
Pra que serve o abrigo sem a chuva pra molhar lá fora e fazer barulho lá em cima?

Celso Amâncio disse...

Olá...

não pude ir no filme da mostra... (aquela segunda-feira foi um daqueles dias zumbíticos)

porém quero muito ir no seu lançamento na balada literária...

como sempre... adoro seus posts!

(a propósito, esses dias fui acessar meu blog pelo seu e descobri que o link está do meu blog antigo... ainda é Fast Fábula, mas agora é blogspot também... visual bem melhor e mais praticidade para todos!)

abraços