questão de estilo

hora de decretar minha liberdade. parar de escrever pros meus inimigos. esse blog anda muito moralista, partidário, guerreiro. ignorar é um gesto de paz, bandeira branca mor.

pensando nisso, me veio o conselho do wagner, conselho q ele dá pra poucos, conforme me disse: kill your darlings.

não estendo esse conselho a âmbitos além da esfera da arte, eu que não mato nem minhas queridas galinhas (tenho 5, nome delas: ti neném). o wagner mesmo, qdo me disse o itálico acima, estava se referindo ao trabalho artístico. confesso que engoli, mas não digeri esse [sei que é] sábio conselho. por enquanto, na minha ignorância, entendo como o melhor assassinato: o suicídio. o suicídio artista, o suicídio artístico. morrer hoje para nascer amanhã. reset.

arnold schwarzenegger rodando a metralhadora 360 graus, com aquela cara de bosta - eis-me. o artista querendo matar e morrer, sabemos muito bem, apaga e acende, é máquina de renovação do mundo. nada será como dante.

4 comentários:

Pri disse...

vc é o máximo. me tornei fã.

Delirium disse...

*torcendo pelo sucesso do DVD daqui a 40 minutos ^^
(qro autografo no meu livro... seu livro...)

Clarah Averbuck disse...

dear dear
quem tem que saber já sabe
e vai contar pros outros que têm que saber

e quem não entende não sabe nada.

lembra? a índole da multidão.
vou copiar um pedacinho pra te lembrar:

Não Sendo Capazes
De Criar Arte
Eles Não
Entenderão A Arte

Considerarão Seu Fracasso
Como Criadores
Apenas Como Falha
Do Mundo

Não Sendo Capazes De Amar Plenamente
Eles ACREDITARÃO Que Seu Amor É
Incompleto
ENTÃO TE ODIARÃO

E Seu Ódio Será Perfeito
Como Um Diamante Brilhante
Como Uma Faca
Como Uma Montanha
COMO UM TIGRE
COMO Cicuta

Sua Mais Refinada
ARTE


tamo junto, comandante. e o resto que

Ana Cláudia Zumpano disse...

Parabéns pelo "Herói hesitante".
Estou aguardado aquela hora, de voltar todos meus pensamentos pra uma coisa só pra poder assistir, pois merece atenção pordemais. Admiro seus escritos!