bandeiras no vento de são carlos

são carlos ontem foram luzes nas dezesseis pontas da rosa dos ventos

o fenômeno da luz elétrica ainda impressiona

estou com daniel belleza e paulo barnabé diante de três mastros de bandeira, nus de qualquer tecido. paulo lança a enquete: q bandeiras vcs penduravam nesses mastros?

primeiro a responder foi ele mesmo. na primeira bandeira, a foto de uma mulher nua. na segunda, uma tocha, uma super tocha, acesa. na terceira, ele mesmo, vestido de romano, ramo de folha sobre as duas orelhas e tudo. de imperador.

a free mind do paulo faz a gente rir delicioso ontem.

daniel belleza produziria 3 bandeiras amarelas, as três juntas formando a frase, cada palavra em um tecido: NÃO ESTIVE AQUI. a letra é pink rosa.

ricardim apareceu e disse q a bandeira dele seria a bandeira do PT. O Partido Transparente. Uma bandeira translúcida, virgem de qualquer imagem. minha mente tentou empurrar a imagem de uma bandeira de plástico, a única q julgou capaz de transparência. não, minha outra mente retrucou. é tecido, e é transparente, a bandeira do ricardim.

pra hj de manhã eu ter ido na igreja da praça da igreja com cúpula. fui lá agradecer a curvatura daquele teto existir. dou por mim na segunda nave, a sacristia, onde queimava pra sempre a luzinha elétrica vermelha querendo ser fogo. nos vitrais , muito azul, algum amarelo, vermelho quase nenhum. os vitrais estão acesos, e o arredor é um incêndio frio, azulado. nem alegre, nem triste, nem poeta: santo.

e fui eu o escolhido para colher o sorriso meio débil do senhor que achou por bem amanhecer na inutilidade de pousar os joelhos sobre o macio da almofada do banco da sacristia.

3 comentários:

Muryel De Zoppa disse...

fiquei sabendo du'a belezura-atenção-estética que teve acho com Gandhi ou Jesus em que o cabra jogava pipocas pra cima e te dizia que eram a causa das estrelas coladas no céu.

chorei verde.

Grazie Pascoli disse...

Totalmente dentro do contexto a rosa dos ventos no meio da praça, entre o palco e os prédios coloridos, debaixo da rádio e da galera.
Ela tava lá, apontando para todas as direções, e a gente indo à Roma e mais além. Com tato.

Grazie Pascoli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.