o arnaldo

tempos atrás, assisti o loki, filme sobre o arnaldo baptista.

fiquei olhando o olho do arnaldo o tempo todo

quem estava lá dentro? o menino ferido. me comove demais, o menino ferido.

sei onde doeram algumas dores do arnaldo?

ninguém jamais saberá nada sobre os mutantes. ah, o arnaldo pulou por isso. a rita saiu da banda por aquilo. a rita saiu da vida do arnaldo por aquilotro. ninguém sabe nada, amigos. nem arnaldo sabe, parece. se sabe, não diz. qualquer opinião sobre a vida pessoal dos mutantes, ou mesmo sobre a história da banda, me parece papinho de janela. a vida é ilegível. definitivamente: ninguém sabe nada.

o que foi a rita na vida daquele homem

o que foi o ácido na vida daquele homem

o que foi a banda na vida daquele homem.

arnaldo não saiu ileso de nada

arnaldo baptista é um índio sangrando

3 comentários:

!@#$%¨&*()_+ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Clóvis disse...

Danilo, quem não é um índio sangrando, me fala? qual homem de coração pulsante não traz estampado na cara o olhar do menino ferido? que moleque não teve a felicidade e a maldição de cruzar sua vida com uma rita?
vamos todos nós, meninos-índios, feridos e altivos, dar as mãos e compartilhar uma cartela lisérgica...

danisantos disse...

De onde será que veio "Qualquer coisa que se sinta"?