Um poema com meu nome

Meu nome de batismo é Danilo
Na rua, Cu-de-grilo
Hoje meu nome é Danislau

Meu nome completo é Danislau Também
Ninguém sabe meu nome verdadeiro
O que eu falar que é, é porque é
: Danislau Também

Quem eu falar que sou é por quem sou
Sou quem sôo
Não sou homem de bem
Sou criminoso, marginal, danislau
Danislau também

Não sou de roubar, nem de brigar na rua
Sou de fumar maconha
Sou homem de bem
Sou arrogante, irresponsável, vaidoso
vagabundo também

2 comentários:

O Turista disse...

também.
eu também.

Ana disse...

huahauhauhauah! adorei!
anabivers!