próxima ação

Dqui da Bahia planejo minha próxima ação. É, porque agora sou combatente. Não por romantismo, nem por gosto, mas por necessidade. Minha próxima ação: performance de nu gratuito. Simplesmente ficar pelado no bar mais legal de Uberlândia, o Goma. Klark Kent entra no wc, sai peladinho da silva. Encostar no balcão, pedir uma cerveja, tudo muito casualmente. O nu gratuito sempre se justifica, a roupa é q é o artifício. Mas meu nu gratuito não virá de graça, quero cobrar o preço. O preço do seu incômodo. Você aí que vem me assistindo nos últimos tempos, finalmente vai poder assisir vc me assistindo. Quero sublinhar o seu olhar, vc olhar e vê que está olhando. E estará assistindo nada mais nada menos que um homem em seu natural. E o pior: assistindo horrorizado um homem em seu estado natural. Pra bom entendedor meia nudez basta. Deu pra entender? Se não, vou ser mais claro. Quero que vc saiba que não compactuo com sua lógica, seu jeitinho catoholic de ser. Tira as mãos das minhas costas que a gente não é junto.

2 comentários:

Clarah Averbuck disse...

dá-lhe

huds on disse...

putz. ler essas palavras e nas entrelinhas enxergar o próprio nome deve fazer corar e dar dor de barriga. deve ser ruim.